Vizinhança Solidária

VIZINHANÇA SOLIDÁRIA

Acostumados a uma tranquilidade incomum de uma cidade grande, vimos de repente o Setor Jaó ser tomado por ocorrências. Para mudar esta situação, a comunidade se uniu, e com apoio da Polícia Militar, através do 9º Batalhão de Policia Militar, foram criadas estratégias simples e baratas que estão trazendo de volta a paz ao setor; o Projeto Vizinhança Solidária. Programa semelhante foi implantado no Japão e posteriormente na Europa, tendo sua eficiência largamente comprovada. No Brasil, surgiu na cidade de Santo André, por iniciativa de um policial da Polícia Militar, em trabalho organizado pelo CONSEG de Santo André. Os índices de criminalidades já apresentaram substancial redução, o que demonstra a sua eficiência.

Quando as pessoas de uma comunidade interagem e se conhecem, a preocupação com os interesses da coletividade aumenta, inclusive com questões de segurança pública, criando um sentimento de reciprocidade de obrigações e interesses, tanto entre os cidadãos como entre os órgãos de segurança.

 

Afinal, o que é e como funciona o PROJETO VIZINHANÇA SOLIDÁRIA?

Abordar qual a importância do papel da comunidade e de seus integrantes, de forma conjunta com o CONSEG, para a diminuição da distância de relacionamentos, e interação com a Polícia Militar, aumentando a qualidade de vida e a confiança por parte dos moradores nos órgãos de segurança, alicerçado no binômio “sensação de segurança e diminuição de indicadores criminais”, visto que a segurança pública além de um dever do Estado, por meio sim da Polícia Militar, Art. 144 da CF, é também responsabilidade de todos.

Seu conceito fundamental esta alicerçado na quebra de paradigma de toda a população envolvida. Os especialistas e estudiosos afirmam que 80% de nossa segurança vêm do trabalho de prevenção, que deve ser realizado por nós mesmos. Atitudes simples podem resultar numa coibição de um eventual ato criminoso.

O Projeto Vizinhança Solidária, tem por objetivo incentivar os moradores a colaborar com a segurança do bairro, prestando uma atenção especial e acionando prontamente a polícia, quando algo suspeito for identificado. O modelo é baseado na seguinte lógica: que a sociedade se sinta dona do seu bairro, que ela possa também passar a ser os olhos da polícia.

Com o apoio do 9º Batalhao da Policia Militar de Goiânia, cerca de 50 ruas do Setor Jaó já estão engajadas neste Projeto. Foram criados grupos de whatsApp por rua que pontuarão observações e situações suspeitas e se conectam com a Policia Militar agindo prontamente. Já somos mais de 1000 moradores conectados e denunciando situações suspeitas e com isso a redução das ocorrências já é uma realidade.

Os moradores possuem acesso direto a Polícia Militar, através do telefone disponibilizado por eles, e podem, pelo aplicativo, contatar os moradores e a líder da Rua para repassar a mensagem, alertando os demais. O Programa Vizinhança Solidária, é concretizado com uma placa afixada em locais de fácil visualização, como na fachada das casas e/ou em lugares indicados pela PM, CONSEG por adesão espontânea do morador.

Sejam Bem Vindos ao nosso Projeto!!!

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!!

 

 

 
...